Língua Portuguesa (joyceadm)

Página 6 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Convidad em Sab Ago 15, 2009 3:02 pm

Cana, a "e" eu expliquei pro Joneselder...quanto à "d", não sei qual foi a sua dúvida, então vou tentar justificar as vírgulas:

d) Em algumas análises, (1) o que se critica é a utilização dos objetos para os propósitos de auto-realização emocional. Os objetos, (2) em virtude da sedução do consumo, (2) usurpam a função dos bens simbólicos ou se prestam apenas à celebração do narcisismo. Todavia verifica-se que essa não foi a prática histórica dos compradores. Os objetos foram usados para fins de desenvolvimento emocional e também para se atingirem outros objetivos.

1) está separando "em algumas análises", que é adjunto adverbial e está deslocado na oração. Seu "lugar" é no fim da frase.
2) "em virtude da sedução do consumo" está separando o sujeito (os objetos) do seu verbo (usurpam), por isso a presença das duas vírgulas.

Espero ter ajudado

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Convidad em Sab Ago 15, 2009 3:20 pm

Espertinha escreveu:Quanto a questão nº 1 - não consegui assimilar até agora o seguinte:

(2º ) Principalmente porque, com recursos parcos e uma formação basicamente literária, ele anteviu o mundo em que vivemos, no qual as palavras se evaporam e se dispersam em redes virtuais, as idéias circulam em direções caóticas e a noção de sentido, quer dizer, de uma direção e de um futuro, se perde num presente em abismo.

(5º ) E no qual, enfi m, depois de séculos de hostilidade e de enclausuramento, o homem se veria dissolvido em uma grande colcha democrática, capaz de abrigar a todos, sem lugares fi xos e sem destinos rígidos, um mundo, por fi m, em que poderíamos compartilhar uma mesma experiência.

(3º ) Profeta da morte da imprensa e do fi m de um mundo linear e geométrico, ele antecipou, já nos anos 50 e 60, a chegada de um novo mundo unifi cado, na forma de grande teia, e gerido por uma espécie de alma suprapessoal.

(1º ) Nascido em 1911, em Edmonton, Canadá, Herbert Marshall McLuhan foi, afora erros e acertos de suas hipóteses, um pensador genial.

(4º ) Previa McLuhan que, nesse novo mundo unifi cado da mídia que estava a se afi rmar, os homens se veriam imersos em uma grande malha global, um mundo devassado, sobreposto e instantâneo, no qual as idéias se dissolveriam e as diferenças se anulariam – exatamente como na cultura pop que ele mesmo via nascer.

(1º ) Nascido em 1911, em Edmonton, Canadá, Herbert Marshall McLuhan foi, afora erros e acertos de suas hipóteses, um pensador genial. (2º )Principalmente porque, com recursos parcos e uma formação basicamente literária, ele anteviu o mundo em que vivemos, no qual as palavras se evaporam e se dispersam em redes virtuais, as idéias circulam em direções caóticas e a noção de sentido, quer dizer, de uma direção e de um futuro, se perde num presente em abismo.

O início da frase 2º Principalmente porque......
Não entendi como encaixa na 1ª frase, não entendi a ligação.

Espertinha: O autor do texto está citando por que ele acha que Herbert Marshall McLuhan foi um pensador genial: "ele anteviu o mundo em que vivemos...", por isso utilizou a expressão "principalmente porque". Acho que o escritor acha que Herbert Marshall McLuhan tem vários motivos para ser considerado um pensador genial, mas principalmente o deve ser considerado assim, pois "anteviu o mundo em que vivemos"



(1º ) Nascido em 1911, em Edmonton, Canadá, Herbert Marshall McLuhan foi, afora erros e acertos de suas hipóteses, um pensador genial. (3º )Profeta da morte da imprensa e do fi m de um mundo linear e geométrico, ele antecipou, já nos anos 50 e 60, a chegada de um novo mundo unifi cado, na forma de grande teia, e gerido por uma espécie de alma suprapessoal.

Profeta da morte da imprensa é o Herbert Marshall McLuhan? Sim
Entre a frase 2º e a frase 3º não consigo ver distinção de ordem. Bom, não tem como a 3 vir antes da 2, já que o que é citado na 2 é uma explicação para "pensador genial".
E a própria 4ª frase se submete tanto a 2º como a 3º. "nesse novo mundo unificado", que é citado na 4 não pode vir depois da 2, já que o uso do pronome "nesse" deve remeter a uma prévia citação do texto, que está presente na 3.


Tem horas que desanima....realmente não consigo ver.....

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Convidad em Sab Ago 15, 2009 3:22 pm

Espertinha e demais colegas com dificuldades para questões que exigem ordenamento de fragmentos de texto:

Leiam o seguinte artigo da profa Clésia Maia do evp: http://www.euvoupassar.com.br/visao/artigos/completa.php?id=1455. Vai ajudar muito!!



Joia

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Lo Viana em Dom Ago 16, 2009 8:16 am

Olá pessoal!
Antes de tentar responder suas perguntas, gostaria de fazer alguns pedidos para colocar essa “casa” em ordem. Conto com a compreensão de todos.
1. Quando postarem as dúvidas, favor identificar a questão.
2. Se chegar o dia de postar o simulado e eu ainda não tiver “aparecido” para responder ou ver a resposta de algum colega, podem continuar a mandar dúvidas do simulado anterior. Só peço que identifiquem o simulado e a questão. Eu sou meio lenta, pessoal, colaborem comigo! Rsss
3. Eu abri as portas da minha “casa” para o colega que souber responda as dúvidas que surgirem, antecipando-se a mim. Quanto a isso, não vejo problema nenhum. O que eu gostaria, e tenho certeza que a pessoa que enviar a dúvida tbm gostará, é que ao responder, o faça de fato. Explico: indique pq está certa (ou errada) uma questão de gramática com a devida justificativa gramatical. Se se tratar de uma questão de interpretação de texto, indique sua opinião exatamente também. Aí, se depois de explicar, vc ainda tiver algo a acrescentar, poste um link.

Não me levem a mal, e não desapareçam da casa por causa disso. Reconheço a boa vontade de todos, mas estas mudanças são necessárias para o bom andamento desta sala.

Agradeço a compreensão e mãos à obra.
avatar
Lo Viana

Mensagens : 282
Data de inscrição : 14/06/2009
Idade : 36
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Lo Viana em Dom Ago 16, 2009 9:04 am

Respondendo a Questão 01

Espertinha, eu não entendi muito bem a tua dúvida. (Pra variar, né, Chefa rsrsrs). Questões deste tipo, geralmente, são mais simples. Mas vou tentar traduzir em palavras meu raciocínio pra resolver este tipo de questão: sempre observe o início de cada trecho e o que dizem as alternativas lá embaixo. Vc ganhará um tempo danado! Eu faço assim:
Eu vou direto nas alternativas:
- Anoto ao lado dos trechos as possibilidades dadas;
- vejo as que têm o número 1º;
- Comparo nos trechos as respectivas indicadas como 1º e elimino as impossíveis, tais como as que começam com conectivos.
- Depois, faço o mesmo com as demais.

Muitas vezes não precisar nem ler o texto todo, as alternativas se entregam.

Vamos aplicar isto à questão 01 deste simulado.
a) 5º, 3º, 2º, 1º, 4º
b) 2º, 5º, 3º, 1º, 4º
c) 3º, 2º, 4º, 5º, 1º
d) 4º, 1º, 5º, 3º, 2º
e) 1º, 4º, 2º, 5º, 3º


Por aí vc vê que o texto não pode começar com o terceiro trecho lá em cima (“Profeta da morte da imprensa...) porque nenhuma das alternativas atribui esta ordem ao terceiro trecho, certo?

Faça o mesmo com as demais (parece demorado, mas é mais rápido do que ler os trechos várias vezes).

Quem pode ser o 1º então? Todos, menos o terceiro. Compare os trechos e veja algum que não pode ser o primeiro por começar com conectivos ou claramente ser continuação de alguma coisa. Com isso vc descarta o primeiro trecho: principalmente o que, ele quem?
Voltando para as alternativas, vc elimina a E, concorda? Com isso vc tbm pode concluir que: o primeiro trecho não pode ser o 1º do texto, o segundo não pode ser o 4º, e o último não pode ser o 3º.

Ficou confuso? Anote do lado de cada trecho lá em cima as possibilidades que sobraram. Continue o procedimento e vá riscando.

Vamos ver como ficou:

( ) Principalmente porque, com recursos parcos e uma formação basicamente literária, ele anteviu o mundo em que vivemos, no qual as palavras se evaporam e se dispersam em redes virtuais, as idéias circulam em direções caóticas e a noção de sentido, quer dizer, de uma direção e de um futuro, se perde num presente em abismo. 2º, 3º, ou 5º

( ) E no qual, enfi m, depois de séculos de hostilidade e de enclausuramento, o homem se veria dissolvido em uma grande colcha democrática, capaz de abrigar a todos, sem lugares fi xos e sem destinos rígidos, um mundo, por fi m, em que poderíamos compartilhar uma mesma experiência. , 2º, 3º ou 5º

( ) Profeta da morte da imprensa e do fi m de um mundo linear e geométrico, ele antecipou, já nos anos 50 e 60, a chegada de um novo mundo unifi cado, na forma de grande teia, e gerido por uma espécie de alma suprapessoal. 2º, 3º, ou 5º

() Nascido em 1911, em Edmonton, Canadá, Herbert Marshall McLuhan foi, afora erros e acertos de suas hipóteses, um pensador genial. 1º, 3º ou 5º

() Previa McLuhan que, nesse novo mundo unifi cado da mídia que estava a se afi rmar, os homens se veriam imersos em uma grande malha global, um mundo devassado, sobreposto e instantâneo, no qual as idéias se dissolveriam e as diferenças se anulariam – exatamente como na cultura pop que ele mesmo via nascer. 1º, 2º ou

Continuando...Quem mais pode ser o 1º? O segundo, o terceiro e o ultimo trecho, correto? Vejamos....

Segundo: “E no qual...” >>>>> não dá pra começar isso, concorda? Então a letra D tbm já era. Risca a alternativa e o respectivo número no trecho.

Quem sobrou para ser o primeiro? O quarto e o quinto trecho.O quarto está perfeito para um início de texto, não? Mas o último tbm está...Isto se “novo mundo unificado” não estivesse presente em outro trecho pra justificar o uso de “esse”...”ESSE” está se referindo a algo que já foi citado (a há algum tempo, pois se não seria ESTE). Então só sobrou o quarto pra emcabeçar o texto. Já era a letra C.

Das que sobraram, já sabemos que o texto começa com “Nascido em 1911” e que “Previa McLuhan” é o 4º parágrafo. Anote lá.

Do que sobrou, quem pode ser o 2º? O primeiro trecho ou o terceiro. Aqui é so ler o texto do jeito que é apresentado nas duas alternativas restantes. Vc verá que na forma em que é disposto pela alternativa A, o texto fica beemmm bagunçado.

Então só resta a letra B mesmo....


Parece complicado? Não é não...é que pra escrever fica mais complicado...rsrsrs....Resumidamente, pra resolver este tipo de questão é necessário mais raciocínio lógico do que português em si...

Espero ter ajudado pelo menos a começar a clarear..........


Oi Lo,
Obrigada pelas explicações mais uma vez!!!!
Meu "problema" não é com esse tipo de questão, faço questões da ESAF desde 2005...
Não tenho muitos "problemas" em enumerar e colocar textos em ordem.
Porém nessa questão - exclusivamente - Eu simplesmente não concordo com as numerações 2º e 3º.
Mas é "aquela" velha história. Ou acostumamos com o jeito ESAF de pensar ou não pontuamos.
Da próxima vez serei mais objetiva em minhas dúvidas!!!
Obrigada!
avatar
Lo Viana

Mensagens : 282
Data de inscrição : 14/06/2009
Idade : 36
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Lo Viana em Dom Ago 16, 2009 9:50 am

Respondendo a questão 05 – simulado 7

05- Assinale a opção em que foram plenamente respeitadas as prescrições gramaticais.

a) Em certo sentido, a cultura capitalista reduziu na prática, os princípios do liberalismo, do utilitarismo, ou do pragmatismo político-filosófico, a defesa da ganância de uns poucos, em prejuízo à justiça humanitária, defendida pelos ideais republicanos e democráticos. Nada disso porém, autoriza à depreciação mental do sujeito comprista dos séculos XIX e XX.

Há tanta vírgula aqui que quase fiquem sem fôlego pra terminar de lar o período...rsrs....Vamos lá, moçada.
A vírgula depois de PRÁTICA não deve existir. Na ordem direta, não se separa com vírgula o verbo de seus complementos. OS PRINCIPIOS DO LIBERALISMO é o início do objeto direto. Embora haja o adjunto adverbial antes, a vírgula não pode existir pq eles estão na ordem certa: sujeito + verbo + adjunto adv + obj. direto.

A virgula após UTILITARISMO, tbm não. Ele está dando um nome alternativo para utilitarismo, não faz sentido a virgula.

As virgulas após POUCOS e HUMANITÁRIA tbm não: é tudo um termo só.

De qualquer maneira, na minha opinião, o trecho ta mal redigido, mesmo com as correções. Mas, ficaria menos errado se fosse assim: “Em certo sentido, a cultura capitalista reduziu na prática os princípios do liberalismo, do utilitarismo ou do pragmatismo político-filosófico, a defesa da ganância de uns poucos em prejuízo à justiça humanitária defendida pelos ideais republicanos e democráticos. Nada disso porém, autoriza a depreciação mental do sujeito comprista dos séculos XIX e XX.
Aff............

Ah, a crase tbm não existe.


b) Do ponto de vista marxista, pode-se falar, se for o caso, de uma amoralidade na produção e da NA venda dos objetos, mas não no ato da compra. O próprio produtor/vendedor, ao se tornar comprador, muda de posição intencional em relação à mercadoria. Ao produzir/vender, quer apenas lucrar; ao comprar, pode querer atingir objetivos outros, que não o lucro.

Amoralidade NA venda, e não DA venda. Para seguir a regência utilizada nos complementos semelhantes (produção, ato da compra).
Faltou uma VIRGULA APÓS COMPRADOR.
Não tenho certeza, mas acho que a virgula entre OUTROS e QUE tbm não ta muito certa não...


c) A imagem do burguês, indiferente ao bem comum e obcecado pelo consumo de objetos, é uma idéia feita, que não sobrevive ao testemunho da história. Nem o hábito de comprar mercadorias, nem a ambição da felicidade interior revelou-se contrário REVELARAM- SE CONTRÁRIOS à experiência de realização emocional e a de propósitos éticos.

Quando os sujeitos estão ligados por NEM e o contexto dá idéia de inclusão, o verbo vai para o plural.

d) Em algumas análises, o que se critica é a utilização dos objetos para os propósitos de auto-realização emocional. Os objetos, em virtude da sedução do consumo, usurpam a função dos bens simbólicos ou se prestam apenas à celebração do narcisismo. Todavia verifica-se que essa não foi a prática histórica dos compradores. Os objetos foram usados para fins de desenvolvimento emocional e também para se atingirem outros objetivos.

Aqui eu achei que tinha um erro por faltar uma vírgula após TODAVIA. Marquei essa por ser a “menos errada” (no meu ponto de vista) que as demais. Pesquisando, achei uma coisa que havia esquecido: QUANDO A CONJUNÇÃO VEM NO INÍCIO DA ORAÇÃO, NÃO DEVE VIR ISOLADA POR VÍGULA. Então a alternativa não apresenta erro.

e) Os compradores setecentistas adquiriram avidamente livros, telas de pintar, entre outros. Esses objetos foram usados de forma, digamos, egoísta, mas serviram, igualmente, à expressão de pretensões éticas e estéticas válidas para todos. Falamos, hoje, em paroxismo consumista, considerando-o causa de desorientação pessoal e violência social. Entretanto, se for verdade que tal exarcerbação EXACERBAÇÃO existe, sugiro, que sua origem não esteja na natureza alienante das mercadorias, mas na redefinição de nossos ideais de felicidade.

EXACERBAÇÃO, e não exaRcerbação.
Não há a vírgula após SUGIRO. Não se separa o verbo de seus complementos. “que sua origem não esteja na natureza alienante das mercadorias” funciona como o objeto direto do verbo SUGIRO.

Quanto ao verto ESTEJA, não vejo erro nesta conjugação.



__________________

Certo, meninos?
[i]
avatar
Lo Viana

Mensagens : 282
Data de inscrição : 14/06/2009
Idade : 36
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

SIMULADO 08 - SEMANA 16/08

Mensagem  Lo Viana em Dom Ago 16, 2009 10:31 am

SIMULADO 08 - SEMANA 16/08 - Gabarito dia 21/08

01 - Numere os períodos seguintes observando a ordem em que devem ocorrer para constituírem um texto coeso e coerente. Assinale em seguida o ítem que apresenta a ordem correta, de acordo com sua numeração:

( ) Mas não basta que a Constituição consagre garantias essenciais para a consolidação de um sistema democrático. Faz-se mister que ela logre concretizar sua pretensão de eficácia.

( ) É exatamente essa experiência que legitima o desenvolvimento e a consolidação, em diferentes sistemas jurídicos, de instituições como o direito à proteção judiciária e o controle de constitucionalidade das leis.

( ) Não são poucas as ordens constitucionais que procuram gravar essas instituições com as cláusulas ou garantias de eternidade, colocando-as a salvo de eventual revisão constitucional.

( ) É por isso que, tal como apontado por Peter Schneider, o Estado de Direito caracteriza-se, ao contrário de um sistema ditatorial, pela admissão de que o Estado também pratica ilícitos

( ) A experiência histórica de diferentes países parece confirmar que os eventuais detentores do poder, inclusive o legislador, não são infalíveis e sucumbem, não raras vezes, à tentação do abuso de poder e da perversão ideológica.

(Gilmar Ferreira Mendes, com adaptações)

a) 1, 3, 5, 2, 4
b) 4, 2, 5, 1, 3
c) 5, 4, 2, 3, 1
d) 1, 5, 2, 4, 3
e) 3, 1, 4, 5, 2



O texto abaixo serve de base para as questões 02 e 03


O setor público não é feito apenas de filas, atrasos,
burocracia, ineficiência e reclamações. A sétima
edição do Prêmio de Gestão Pública, coordenado
pelo Ministério do Planejamento, mostra que o serviço
público federal também é capaz de oferecer serviços
com qualidade de primeiro mundo. De 74 instituições
públicas inscritas, 13 foram selecionadas por ter
conseguido, ao longo dos anos, implantar e manter
práticas e rotinas de gestão capazes de melhorar de
forma crescente seus resultados, tornando-os referências
nacionais. O perfil dos premiados mostra que
o que está em questão não é tamanho, visibilidade
ou importância estratégica, mas, sim, a capacidade
de fazer com que as engrenagens da máquina funcionem
de forma eficiente, constante e muito bem
controlada.


02- A argumentação do texto não permite inferir que
a) A melhora de resultados é critério para uma instituição pública se tornar referência nacional.
b) A capacidade de funcionar de forma eficiente, constante e bem controlada pode resultar em serviços de qualidade.
c) A qualidade de primeiro mundo em gestão pública tem como critérios a visibilidade e a importância estratégica da instituição.
d) A qualidade de serviços do primeiro mundo constitui parâmetro para avaliação da qualidade de serviços públicos federais no Brasil.
e) A premiação considerou como qualidade a implantação e a manutenção de práticas de rotina que melhoram os resultados da gestão.


03 - Assinale a opção incorreta a respeito das estruturas lingüísticas do texto.
a) A retirada do advérbio “apenas”(L.1) preserva a correção gramatical do texto, mas altera as relações significativas entre os argumentos.
b) A supressão do advérbio “também”(L.5) preserva a correção gramatical, mas retira do texto a idéia pressuposta de que o serviço público oferece serviços que não são de qualidade.
c) A substituição da forma não flexionada de “ter” (L.7) pelo infinitivo flexionado correspondente, terem, respeita as regras gramaticais e preserva a coerência textual.
d) A retirada do pronome do termo “tornando-os”(L.10) preserva a correção gramatical e a coerência textual, deixando subentendido o objeto de “referênciasnacionais”(L.10 e 11).
e) Na linha 11, a substituição do primeiro “que” pelo sinal de dois pontos preserva a correção gramatical e a coerência argumentativa do texto, com a vantagem de evitar uma repetição de palavra.



04- Assinale o trecho do texto abaixo que se apresenta gramaticalmente correto.
a) A sociedade sem exploração é, antes de tudo, uma sociedade do trabalho, uma sociedade que todos tenham garantidos o direito ao trabalho, vivam do seu trabalho. Isto significa que, de alguma forma, todos se tornem trabalhadores e ninguém viva da exploração do trabalho alheio.

b) Uma sociedade desse tipo elimina a exploração, fazendo com que ninguém possa viver do trabalho dos outros. Significa que ninguém dispõem do privilégio de possuir capital, negado a grande maioria.

c) Assim, as máquinas, instalações, matérias-primas – isto é, os meios de produção – não poderia ser propriedade privada mas, propriedade democrática do conjunto da sociedade.

d) Uma sociedade desse tipo choca-se frontalmente com o capitalismo, que se apóia estruturalmente na propriedade privada dos meios de produção, o que significa a separação entre capital e trabalho.

e) Esta separação implica que a minoria tenha acesso a capital – sob qualquer forma de dinheiro ou de empresas, industriais, agrárias, comerciais ou de outro tipo –, e a grande maioria, dispondo apenas de seus braços para sobreviver, sejam obrigados a submeter-se à exploração do capital.



05- Marque a assertiva errada em relação ao texto seguinte:

O ano de 2003 é marcado pela recessão econômica
no Brasil e em vários países do mundo.
Aqui, o clima foi de expectativa em relação a
um novo governo que assumiu o País diante de
um grave quadro de desigualdade social. O
Brasil assistiu, estarrecido, no outro lado do
mundo, a uma invasão no Oriente Médio promovida
pela dupla Bush/Blair. E o terrorismo só
recrudesceu. De que forma todos esses acontecimentos
podem ter influído no imaginário do
executivo brasileiro?

a) A substituição de "é marcado"(L.1) por marca-se mantém a informação original e a correção gramatical do período.
b) A vírgula depois de “Aqui”(L.3) pode ser dispensada sem prejuízo da correção por tratar-se de pontuação facultativa.
c) “Expectador” é uma palavra cognata de “Expectativa”, mas ao contrário dessa pode também ser grafada com “s” na primeira sílaba, sem alteração de sentido.
d) Se as vírgulas que estão isolando “estarrecido” (L.6) forem substituídas por travessões, o período permanece correto.
e) A preposição “a” em “a uma invasão”(L.7) caracteriza a escrita formal, culta e, geralmente, é dispensada se usado um estilo menos formal.


Última edição por Lo Viana em Seg Ago 17, 2009 12:04 am, editado 1 vez(es)
avatar
Lo Viana

Mensagens : 282
Data de inscrição : 14/06/2009
Idade : 36
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  joneselder em Dom Ago 16, 2009 12:47 pm

Obrigado mais uma vez!

E espere por mais dúvidas no sábado que vem..hehehe

Bom domingo!
avatar
joneselder

Mensagens : 173
Data de inscrição : 09/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Espertinha em Dom Ago 16, 2009 6:06 pm

1)C
2)C
3)D (faltou letra E)
4)D
5)C

_________________
"Mantenha seus pensamentos positivos. Porque seus pensamentos tornam-se palavras. Mantenha suas palavras positivas. Porque suas palavras tornam-se hábitos. Mantenha seus hábitos positivos. Porque seus hábitos tornam-se valores. Mantenha seus valores positivos. Porque seus valores tornam-se seu destino" - Mahatma Ghandi

Espertinha
Admin

Mensagens : 483
Data de inscrição : 05/06/2009
Localização : Minas Gerais

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Lo Viana em Seg Ago 17, 2009 12:04 am

Ops!

Erro corrigido.
avatar
Lo Viana

Mensagens : 282
Data de inscrição : 14/06/2009
Idade : 36
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Lo Viana em Seg Ago 17, 2009 12:31 am

Ae, galerinha....vim aqui retificar o pedido que eu fiz anteriormente.

Eu havia dito:

Lo Viana escreveu:
2. Se chegar o dia de postar o simulado e eu ainda não tiver “aparecido” para responder ou ver a resposta de algum colega, podem continuar a mandar dúvidas do simulado anterior. Só peço que identifiquem o simulado e a questão. Eu sou meio lenta, pessoal, colaborem comigo! Rsss

Porém, em atenção à política do Fórum, gostaria de mudar para o seguinte:

Se chegar o dia de postar o simulado e eu ainda não tiver “aparecido” para responder ou ver a resposta de algum colega, podem continuar a mandar dúvidas do simulado anterior. Só peço que identifiquem o simulado e a questão, e que postem a dúvida na sala reservada para Língua Portuguesa em GRUPO DE ESTUDO.

Tenho certa dificuldade com o tempo, por isso geralmente respondo as dúvidas do simulado no Domingo. Então farei o seguinte: responderei as dúvidas no domingo e postarei novo simulado em seguida (no mesmo domingo). Se restarem mais dúvidas, vc postam conforme solicitado acima, certo?

Mais uma vez agradeço a compreensão de todos.

Bons estudos e até breve.
avatar
Lo Viana

Mensagens : 282
Data de inscrição : 14/06/2009
Idade : 36
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  jeani_bs em Seg Ago 17, 2009 7:27 pm

1)C
2)C
3)D
4)B
5)C
avatar
jeani_bs

Mensagens : 311
Data de inscrição : 11/06/2009
Localização : cuiabá - MT

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Fabi em Ter Ago 18, 2009 9:15 pm

1-c
2-c
3-d
4-d
5-c
avatar
Fabi

Mensagens : 58
Data de inscrição : 13/07/2009
Localização : Balneário Camboriú - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  MEKOGOIANIA em Ter Ago 18, 2009 10:05 pm

1- C
2- A
3- D
4- D
5- C
avatar
MEKOGOIANIA

Mensagens : 89
Data de inscrição : 09/06/2009
Localização : Goiânia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Convidad em Qua Ago 19, 2009 6:55 pm

1-C
2-C
3-D
4-D
5-C

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  joneselder em Qua Ago 19, 2009 10:56 pm

1-C
2-C
3-D
4-D
5-C
avatar
joneselder

Mensagens : 173
Data de inscrição : 09/07/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Convidad em Qui Ago 20, 2009 4:48 pm

1-C
2-C
3-D
4-D
5-C

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Convidad em Qui Ago 20, 2009 7:43 pm

1-C
2-C
3-D
4-D
5-C

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Convidad em Sex Ago 21, 2009 12:30 am

C
C
D
D
E

Convidad
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

SIMULADO 08 - SEMANA 16/08

Mensagem  Lo Viana em Sex Ago 21, 2009 8:48 pm

SIMULADO 08 - GABARITO



1 C
2 C
3 D
4 D
5 C
avatar
Lo Viana

Mensagens : 282
Data de inscrição : 14/06/2009
Idade : 36
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  MEKOGOIANIA em Sab Ago 22, 2009 12:26 pm

Vacilei na 2!
avatar
MEKOGOIANIA

Mensagens : 89
Data de inscrição : 09/06/2009
Localização : Goiânia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Lo Viana em Sab Ago 22, 2009 6:38 pm

Meko, não sei se isso foi uma pergunta /pedido de esclarecimento ou só um comentário...por via das dúvidas, lá vai...rs

02- A argumentação do texto não permite inferir que

Diz a letra a:

a) A melhora de resultados é critério para uma instituição pública se tornar referência nacional.


Onde vc encontra essa idéia no texto:


"De 74 instituições públicas inscritas, 13 foram selecionadas por ter conseguido, ao longo dos anos, implantar e manter práticas e rotinas de gestão capazes de melhorar de forma crescente seus resultados, tornando-os referências nacionais. "

(Ou tudo verde seria melhor, ne? kkkkkkkk)
Tchau1
avatar
Lo Viana

Mensagens : 282
Data de inscrição : 14/06/2009
Idade : 36
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

SIMULADO 09 - SEMANA 23/08

Mensagem  Lo Viana em Dom Ago 23, 2009 2:14 am

SIMULADO 09 - SEMANA 23/08 - GABARITO 28/08

01 Leia o texto seguinte e marque o item correto.

O restante do planeta, sobretudo os europeus, deverá
entender que o governo do presidente reeleito
dos EUA, George W. Bush, continuará a privilegiar a
segurança nacional do país e a utilizar as ferramentas
que considera necessárias para garanti-la.
A explicação é de Jonh Hulsman, diretor de pesquisas
da Fundação Heritage (situada em
Washington), um dos mais influentes centros de
pesquisas conservadores dos EUA, e especialistas
em relações transatlânticas e em política externa
americana.

a) Em "sobretudo os europeus" está implícito um substantivo no plural: "países" ou "povos" ou "estados" etc.
b) A oração substantiva que complementa o verbo "entender" poderia ser também iniciada pela preposição "de", sem prejuízo da correção do texto.
c) O pronome em "garanti-la" poderia estar no plural, concordando com "as ferramentas", sem prejuízo do sentido.
d) A forma verbal "deverá" poderia ter sido corretamente usada no plural.
e) Com base nos dicionários de Língua Portuguesa, percebemos que a palavra "transatlânticas" neste contexto nos situa no campo semântico de navios de grande porte que cruzam oceanos.


02- Os itens desta questão foram adaptados de uma entrevista publicada na Folha de São Paulo. Marque o item reproduzido sem erro gramatical, ortográfico ou impropriedade vocabular.
a) Folha - Qual será o impacto da confortável vitória de Bush sobre as relações internacionais?
John Hulsman - Até a última terça-feira, havia, em boa parte do planeta, um sentimento de que a primeira vitória de Bush fora uma anomalia, uma aberração, pois a eleição de 2000 fora uma experiência francamente bizarra.
b) Sua reeleição, todavia, põe fim à idéia de que Bush foi um presidente acidental. Independentemente da nacionalidade, as pessoas são agora compelidas a entender de que as únicas questões nas quais Bush sempre esteve à frente de John Kerry nas pesquisas são a política externa e a segurança nacional.
c) No que tange ao amplo tema da guerra ao terror, Bush manteve uma liderança de ao menos 12 pontos percentuais em todas pesquisas realizadas durante a campanha eleitoral. Em parte, essa tendência se deve a péssima atuação dos democratas durante a Guerra do Vietnã. Assim, eles estão atrás nas pesquisas relacionadas à segurança nacional desde o início da década de 70.
d) Folha - Podemos prever a existência de novos ataques preventivos dos EUA nos próximos anos?
Hulsman - Tratam-se de possibilidades que não podem ser descartadas. Os EUA tem o mais poderoso aparato militar do planeta e não devem relegar ao segundo plano a opção militar. Contudo é pouco provável que haja ataques, já que a situação no Iraque tem-se mostrado bastante complexa. Por outro lado, ações preventivas ainda fazem parte do leque de opções do governo. Para Bush, numa era em que terroristas podem decidir atacar os EUA com uma bomba suja carregada de componentes nucleares, não há tempo para esperar uma decisão da ONU. Deve-se frisar que ela não conseguiu tomar uma decisão sobre Saddam Hussein em nove meses de debates e de negociações.
e) Folha - A atual crise iraquiana tem solução plausível?
Hulsman - Precisamos encontrar interlocutores legítimos entre os iraquianos, pessoas que gosam de legitimidade política aos olhos da população. Não devemos apontar a liderança iraquiana, pois a população do país deve escolher seus próprios líderes políticos.


03- Marque o item que preenche de forma correta as lacunas do texto seguinte:

Institucionalizada ___ partir das lutas antiabsolutistas, no século 18, e da expansão dos movimentos constitucionalistas,
no século 19, ___ democracia representativa foi consolidada ao longo de um processo histórico marcado
pelo reconhecimento de três gerações de direitos humanos: os relativos ___ cidadania civil e política, os relativos
___ cidadania social e econômica e os relativos ___ cidadania "pós-material", que se caracterizam pelo direito
___ qualidade de vida, ___ um meio ambiente saudável, ___ tutela dos interesses difusos e ao reconhecimento
da diferença e da subjetividade.

a) a, à, à, a, à, à, a, a
b) a, a, à, à, à, à, a, à
c) à, a, a, à, à, a, a, à
d) à, a, a, à, à, à, a, à
e) a, à, à, a, à, à, a, à


04- Os fragmentos abaixo compõem um texto, mas estão desordenados. Ordene-os para que constituam um texto coeso e coerente e indique a opção que apresenta a seqüência correta.

A - Mas é necessário ressaltar que juízes e tribunais com essa configuração, ou seja, real e efetivamente independentes, somente existem nos países em que vigora o Estado Democrático de Direito.
B - O Judiciário tem a função de promover a paz social, restabelecendo a ordem e até mesmo punindo os infratores, independentemente da camada social a que pertençam.
C - Essas prerrogativas, isso é, as garantias da magistratura, não constituem privilégio pessoal do magistrado, mas direito do cidadão.
D - E é exatamente por isto que os órgãos do Judiciário, os tribunais e os magistrados devem gozar de prerrogativas para o exercício dessa missão, sob pena de somente poderem exercê-la em relação aos pobres e às pessoas que não tenham qualquer influência políticosocial.
E - Evidentemente esse cidadão, que eventualmente tenha um direito violado, somente terá proclamada a justiça a seu favor se houver juízes e tribunais independentes, isentos da possibilidade de interferências e pressões indevidas de quem quer que seja.

a) A, C, D, E, B
b) B, D, C, E, A
c) C, B, E, A, D
d) D, A, B, C, E
e) B, E, C, D, A



05- Marque a versão do fragmento de texto de Delfim Netto (em Carta Capital) que está em desacordo com as normas de emprego dos sinais de pontuação.
a) É um pesadelo a Ata da última reunião do Conselho de Política Monetária (Copom)! O parágrafo 26 lembra que as metas inflacionárias são fixadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e que, ao BC, resta cumpri-las. Estabelecido esse hedge, o “ambiente” da ata é de um radicalismo absoluto: obedecê-las, custe o que custar!
b) É um pesadelo a Ata da última reunião do Conselho de Política Monetária (Copom): o parágrafo 26 lembra que as metas inflacionárias são fixadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e que, ao BC, resta cumpri-las. Estabelecido esse hedge, o “ambiente” da ata é de um radicalismo absoluto: obedecê-las, custe o que custar!
c) É um pesadelo a Ata da última reunião do Conselho de Política Monetária (Copom). O parágrafo 26 lembra que as metas inflacionárias são fixadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e que, ao BC, resta cumpri-las. Estabelecido
esse hedge, o "ambiente" da ata é de um radicalismo absoluto: obedecê-las, custe o que custar!
d) É um pesadelo a Ata da última reunião do Conselho de Política Monetária (Copom)! O parágrafo 26 lembra que, as metas inflacionárias são fixadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e que, ao BC, resta cumpri-las. Estabelecido esse hedge, o “ambiente” da ata é de um radicalismo absoluto: obedecê-las, custe o que custar!
e) É um pesadelo a Ata da última reunião do Conselho de Política Monetária (Copom)! O parágrafo 26 lembra que as metas inflacionárias são fixadas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e que, ao BC, resta cumpri-las. Estabelecido esse hedge, o “ambiente” da ata é de um radicalismo absoluto. Obedecê-las, custe o que custar!
____________________
avatar
Lo Viana

Mensagens : 282
Data de inscrição : 14/06/2009
Idade : 36
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  MEKOGOIANIA em Dom Ago 23, 2009 12:47 pm

Foi mais ou menos uma pergunta, rsrs...
É pq achei que a referência nacional estava se referindo aos "resultados" e não às "instituições".
Mas quando li novamente a letra C vi que era o gabarito mesmo.
Valeu Lo.
avatar
MEKOGOIANIA

Mensagens : 89
Data de inscrição : 09/06/2009
Localização : Goiânia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  jeani_bs em Seg Ago 24, 2009 2:06 pm

1)A
2)A
3)B
4)E
5)D
avatar
jeani_bs

Mensagens : 311
Data de inscrição : 11/06/2009
Localização : cuiabá - MT

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Língua Portuguesa (joyceadm)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 9 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum